. .

Mensagem da presidência

OS FOCOS ESTRATÉGICOS DA UNIAIR

Dr. Maurício Alberto Goldbaum

Agosto de 2018 *

Em 2018 a Uniair encerra um ciclo estratégico iniciado em 2012, o qual apresentava como grande desafio a expansão do seu mercado de atuação. Durante a jornada, novos contratantes e beneficiários foram agregados a sua carteira de clientes. Houve também a aquisição de novas aeronaves, ampliando a sua capacidade de atendimento. A adoção de estratégias de divulgação de serviços online também pautou essa caminhada. Não obstante, como forma de resposta ao cenário externo, restruturações internas foram necessárias. Novas filiais e hangares em aeroportos foram necessários para dar conta da ampliação de mercado.

Porém, como no setor aéreo turbulências são comuns, não foi diferente neste voo. Relevantes mudanças no cenário político refletiram significativos impactos no cenário econômico, alterando a configuração do público consumidor dos serviços aéreos. A variação cambial também trouxe consideráveis mudanças quanto à aquisição de insumos e peças para a manutenção das aeronaves, incluindo o aumento do preço do combustível. Ainda, as mudanças do cenário econômico trouxeram repercussão para o setor da saúde Suplementar, atingindo assim as operadoras do sistema Unimed, principais clientes da Uniair – fator que refletiu diretamente no redesenho do quadro de beneficiários.

Para o ciclo estratégico que ora se inicia, profundas reflexões foram conduzidas por nossa consultoria estratégica “Evoluir Gestão Empresarial”, em trabalho permanente realizado com o grupo gestor e o Conselho Fiscal, analisando e debatendo os próximos desafios. Seguindo a linha da modernização da gestão e o foco na agregação de valor para as partes interessadas, a sua filosofia empresarial foi repensada e definiu-se o propósito, em substituição à missão, refletindo o razão de a Uniair existir.

Concluiu-se que o propósito da Uniair é “transportar pessoas cumprindo a missão de salvar vidas e oferecer serviços diferenciados, otimizando tempo, gerando facilidade, conforto e sustentabilidade.”

E, contextualizando a filosofia empresarial com uma nova visão de futuro, foi estabelecida para os próximos cinco anos o desafio de “ser reconhecida como a melhor, mais segura e sustentável empresa de serviços de transporte aéreo, gerando valor para as partes interessadas.”

Para alcançar essa visão de futuro e realizar o seu propósito, objetivos estratégicos foram redefinidos. Buscando maior sustentabilidade, o crescimento de mercado pauta tem como objetivo: “Ampliar beneficiários e voos rentáveis”, bem como “aumentar a satisfação dos clientes”, buscando perceber o quanto a Uniair está agregando valor para os públicos que utilizam os seus serviços.

Para os processos internos, novos objetivos estratégicos foram estabelecidos, entre eles “manter a segurança na operação” – sendo este um atributo de diferencial no serviço prestado. Ainda: “Aumentar o desempenho dos fornecedores” com foco nos prestadores de serviços de remoções terrestres. No tema da gestão, “ampliar a gestão por processos” e “ampliar a qualidade no atendimento ao cliente” se colocam como objetivos a serem perseguidos. A sustentabilidade se faz presente na estratégia da Uniair quando decide avançar no objetivo de “diminuir impactos negativos da operação”, sejam eles econômico-financeiros, ambientais ou sociais.

E os objetivos de processos internos são suportados pelo tema da gestão do desempenho e cultura organizacional, no qual dois objetivos específicos mostram a direção para “melhorar o desenvolvimento das competências” e “a gestão do clima organizacional”, fechando assim um entendimento de que as pessoas ocupam um lugar importante na estratégia organizacional, pois são instrumento indispensável para impulsionar as ações e gerar valor percebido pelas partes interessadas.

*Com base em análise e comentários do consultor Eduardo Bockel